quinta-feira, 16 de setembro de 2004

Resta-nos a manifestação...

Como nada mais nos resta, e ainda é possível fazê-lo, cá vamos para a manifestação em frente ao Ministério da Educação.

A educação já não é paixão.
Nem sei se foi prioridade no tempo de Durão.
Para mim o concurso foi uma grande confusão.
Sinto-me usado pelo Estado nesta profissão...


2 comentários:

Anónimo disse...

Bem que te podes manifestar. Lá para Dezembro estás colocado. Até lá, tens casa aqui em Lisboa para fazer uma vigilia diária à porta do Ministério da Educação. Já agora, passa numa capoeira e rouba ovos. Pode ser que acertemos na Ministra... Abraço Rui Ferreira

João Heitor disse...

Quer dizer... Ovos não será uma boa solução.
O melhor seria mesmo um carro armadilhado...
Abraço