quarta-feira, 1 de setembro de 2004

Women on Waves

O Presidente da República vai solicitar ao primeiro-ministro "informação completa" sobre os argumentos utilizados pelo Governo para proibir a entrada do barco da associação holandesa Women on Waves em águas territoriais portuguesas.
Mais uma vez Paulo Portas não foi inteligente.
Se o fosse, teria deixado o barco atracar na Figueira da Foz e fazer a sua acção de sensibilização sobre a IVG.
A acção teria a sua projecção mediática, mas longe daquela que presentemente está a atrair.
Esperemos por acções judiciais contra o governo portugês e pelas interpolações dos eurodeputados no Parlamento Europeu...

Sem comentários: