domingo, 7 de novembro de 2004

SCUT'S

O governo anunciou que vai colocar portagens nas chamadas SCUT'S.
As autoestradas sem portagens existentes em Portugal, servem principalmente o interior do nosso país. Quem nelas circula, não paga. É o estado, que através de um contrato, paga as viagens que os portgueses efectuam nestas vias. Este pagamente é efectuado através do Orçamento de Estado.
O PSD argumenta que os portugueses de Lisboa ou do Alentejo, como contribuintes, não devem pagar por estradas por onde nunca passaram ou nunca irão passar. Este raciocínio está correcto. Porém, ferido de "cinismo". E porquê?
Também os cidadãos da Guarda ou de Castelo Branco ou de Viseu, nunca andaram de metro, ou de autocarro da CARRIS em Lisboa, e nos últimos 12 anos, os Transportes de Lisboa "absorveram" do Orçamento de Estado milhões de contos em prejuízos...
Também as pessoas de Vila Real, da Covilhã, de Penacova podem nunca ter andado de avião, ou nunca vir a andar, mas também a TAP já se "socorreu" de milhões de contos do Orçamento de Estado para saldar as suas dívidas resultantes de más gestões...
Este argumento do PSD, é assim, "fraco".
As SCUT'S constituem em si mesmas, uma forma de solidariedade, de investimento no interior do país. As SCUT'S contribuem para o desenvolvimento do interior do país.
E já agora, quantos milhões de euros não serão necessários para colocar praças de portagens em todas as saídas (e são muitas) do IP5, IP3, A23...
Quando é que estes milhões seriam, ou serão recuperados?
E neste tempo perdido, quais não serão os recuos das gentes do interior?
São estas as medidas de Santana Lopes e do "mágico" Bagão?
Assim, qualquer um de nós podia ser primeiro ministro ou ministro de Portugal! Vendem tudo...

2 comentários:

Anónimo disse...

E eu também não ando nos carros dos ministros e tenho de os pagar com os meus impostos... Rui

João Heitor disse...

Tens razão amigo. Tanta coisa que pagamos e não usamos. Tanta coisa que pagamos e não saboreamos a sua existência...
Mas há questões de elementar jusiça e solidariedade sociais. Esta das SCUT'S, para mim, é uma delas. Abc