terça-feira, 9 de agosto de 2005

As voltas da vida política...

Quando roubamos a um amigo um lugar que tínhamos prometido ajudá-lo a conquistar, ou quando nos divorciamos de um amigo poderoso porque ele não nos deu o lugar de poder que ambicionávamos estamos a escolher um valor: o valor supremo do nosso protagonismo, do nosso poder(...)Em certos casos, de que a política recente nos tem oferecido exemplos copiosos, assistimos até a situações em que o brado à ética surge, alteroso, daqueles que a têm por sinónimo de "interesse".

Inês Pedrosa na revista ÚNICA do Expresso

Post via: http://retorica-pt.blogspot.com/

onde pode continuar a ler a reflexão.

Eu fico-me por aqui…

Sem comentários: