segunda-feira, 24 de outubro de 2005

35 horas semanais!

Recebi um email de uma colega amiga, que não posso deixar de transcrever, mesmo ainda não tendo sido colocado. Este texto fala sobre a questão dos professores terem de cumprir 35 horas semanais, quando os professores, antes destas novas normas trabalharem, na realidade, mais de 35 horas semanais. Após esta leitura, decerto algumas pessoas terão mudado de opinião, ou não…
Vamos passar a exigir as 35 horas semanais. Assim a nossa sociedade não pode acusar os professores de trabalharem pouco...
É isso, quero trabalhar 35 horas e não me preocupar mais com a escola!
Então, é assim:
"Tenham paciência, mas não trago os testes! É que os computadores estiveram toda a semana ocupados por outros colegas. Fiquei até à hora de
sair a olhar para as moscas, porque não tinha onde trabalhar. Depois fui passear com a família. Estava fora das 35 horas. Vamos ver se para a semana temos mais sorte!"
Ou então:
-"O Stôra! Outra vez o mesmo CD?

"Tenham lá paciência, já requisitei outros no ano passado mas, ainda estou à espera. Mas esta música é muito interessante, vamos lá abordá-la de outra forma, de certeza vocês vão gostar muito." Sejamos criativos!
Ou ainda:
"Desculpem lá, mas vou ao cinema com a minha mulher! São 17h e não posso
continuar nesta reunião!"
Já agora. E a propagada necessidade de formação contínua, de actualização? No meu tempo familiar? Nem pensar! Só nas desejadas 35 horas!
Exijo que me obriguem a estar na escola 35 horas, e mais nada! Mas quero tirar as férias em diferentes alturas do ano e não ter de gramar sempre o Agosto! Quero uma semana em Março, outra em Novembro e duas semanas na 1ªquinzena de Julho!
E acabem de vez com as interrupções lectivas! Fazemos tudo nas 35 horas
semanais. Não gasto mais papel, nem tinteiros nem outro material que não exista na escola. Finalmente terei tempo para mim e para a família!
Vamos todos lutar pelas 35 horas! Quero também deixar de ter o porta-bagagens do meu carro transformado num escritório ambulante, carregando testes, apontamentos e livros de casa para a escola e vice-versa.
Também quero que as reuniões acabem a horas e não se prolonguem para além das 20 horas, já para não falar de alguns Pedagógicos em
que a Ordem de Trabalhos traz assuntos mais complicados que vão
para além dessa hora. Por vezes aproximam-se da meia-noite!
Quero sair à noite descansadamente, sem pensar que ainda tenho alguns testes para corrigir, algumas notas a rever por causa das avaliações intercalares, etc...
Quero e exijo passar a cumprir sete horas diárias na escola, com hora de entrada e saída. Estou farta de fins de semana com trabalho. Quero sair da escola e deixar lá todos os problemas relativos a ela. Estou farta que me apontem o dedo a dizer que só trabalho 22 horas semanais ou menos! Vamos exigir as 35 horas na Escola!

Sem comentários: