quinta-feira, 22 de maio de 2008

Horizonte???

“Na corrida à liderança do PSD, e nas auscultações que fez às bases do partido, Santana Lopes diz que tem ouvido apelos «no sentido de impor a ordem, a autoridade e fazer uma limpeza na bagunça que é este partido». A sua resposta tem sido clara: «Pois digo, vou ser intransigente nesse caminho».”

A questão mais importante passa pela necessidade de ter um partido da oposição credível, activo, interventivo e participativo na política nacional.

Se em Ourém o PSD está igual ou pior do que a nível nacional, a vantagem da direcção nacional passará pelas eleições internas que estão a decorrer escolhendo o líder. A nível local, parece-nos não haver solução…

Assim, nas próximas eleições autárquicas funcionará, decerto, a alternância democrática, a bem do concelho de Ourém…

1 comentário:

Anónimo disse...

O concelho de Ourém precisa de uma lufada de ar fresco, esperemos que a alternância democrática seja uma realidade nas próximas eleições autárquicas.
bjs da Oriana