segunda-feira, 31 de maio de 2010

Vinagre, etanol ou sumo de laranja...?

Já várias pessoas me aconselharam a utilizar outro material, que não o vinagre, para apanhar moscas.

A metáfora seria sempre aplicável se de pessoas se tratasse.

Como ser pessoa pressupõe um nível de qualidade humana que não está ao alcance de qualquer um, não é com vinagre ou com qualquer outro líquido que se consegue algo.

Mas, não há nada como o fogo. Para que depois das cinzas renasçam as boas sementes...

Que fazer de mim? Nada. Sou mesmo assim.

Digo o que penso e escrevo o que digo.

Não acredito na paz podre, nem na conversão de hereges para católicos.

Felizmente consigo distinguir aqueles que hoje falam, dos mesmos que durante anos se serviram no silêncio das boas práticas do “coça para dentro”.

Se sou inconveniente para alguns Dr. e Eng. instalados nas suas divisas?

Talvez.

Mas, também foi para isso que se votou numa mudança…

12 comentários:

Valéria Gomes disse...

Gosto da maneira como encara os fatos. Não há porque mentir ou fingir ser outra pessoa, é que a verdade é corrosiva para algumas pessoas.

Beijocas!!!

mlu disse...

Qualquer líquido é bom para caçar "moscas mortas". Preciso é apanhá-las!
Não há nada a fazer contigo: estás todo bem feitinho.

Bj.

maria mar disse...

Bolas!...eu quero mesmo é sumo de laranja natural, sem aditivos. O resto que fike para os tais drs e engs...de preferencia com receita medica, como a outra.
;)
Bjinho

Jaime Martins disse...

Caro João:
O meu comentário é isento de conteúdo politico.
Aprecio a verdade, porque a encaro como libertadora. Ainda que para a alcançar as mãos possam ficar cheias de espinhos...
Aprecio variadas formas de silêncio: as que contribuem para o eriquecimento espiritual ou moral de cada um. Abomino o silêncio quando usado como forma de fugir à verdade.
Nada tendo a ver com Ourém a não ser a proximidade... gosto de passar por aqui, e tomar os meus "Suplementos".
Bem haja!

Anónimo disse...

Se as verdades incomodam muita gente!

Quem as diz incomoda muito mais!:D

Continua fiel a ti próprio, aos valores em que acreditas e fazem de ti quem és!

Aí reside a diferença de quem acredita e aposta na mudança para o bem comum...

Gabriel

maria mar disse...

Hoje é que estou capaz de apostar no teu C2 H6 O, e a seguir lançar um fosforo. Amanhã...contarei até 100 antes de tomar fôlego!...

João Heitor disse...

Maria Mar,
lançar o fogo, foguetes e fazer fogueiras é proibido por lei. Tal como ser mal educado, ou mesmo uma besta.
Por isso nos conseguimos distinguir dos animais. Pelo pensar...
Mas, vamos lá ao LIDL comprar uns frascos de alcool, para pelo menos desinfectar as mãos das criaturas das imediações...
:)

Beijoca

João Heitor disse...

Gabriel,

Seres invertebrados, são as cobras.
Felizmente sou humano, erro muito, mas sei o que são valores fundamentais.

Um abraço!

João Heitor disse...

Jaime,

Este post tem a ver com pessoas que estão na arte da política, mas que são destituídas de arte ou engenho para a mesma. São, até, diminutas sobre valores humanos...
E esses estão ao alcance de qualquer ser humano dotado de sentires, coerência e humildade...

Abraço!

João Heitor disse...

Maria Mar,

Sumo de laranja ao natural?
Temos aí...
:)

Beijos

João Heitor disse...

Mlu.

Tenho muitos defeitos e erro muito, mas o vinagre é bom para a salada russa!
O que é que isto tem a ver com o pensamento? Nada e tudo.
Mas entre as duas, nem o vinagre serve para esta gente, nem o circo dos romanos os acalma, ou até mesmo dar-lhes de comer resolveria. Porquê? Porque eles não são pessoas...

Beijo

Anónimo disse...

Amigo lembrei-me daquela canção que diz:"mas se todo o mundo é composto de Mudança, troquemos-lhe as voltas que ainda o dia é uma criança".
bjs Oriana