quarta-feira, 27 de julho de 2005

Cartaz do Sr. Silva...

Criativos anunciam futuro cartaz de Cavaco Silva a Belém!

Um pouco narcisista, mas que mais se podia esperar?

E eu a pensar que eram os portugueses que trabalhavam…

terça-feira, 26 de julho de 2005

Portugal e Europa. Descubra a diferença!

A explicação para muitos dos problemas sociais e económicos nacionais…

O valor das coisas...

“O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.”

Muita gente usa este pensamento, desconhecendo o seu autor.

Fernando Pessoa de seu nome.

Como há coisas que o tempo não muda.

As palavras são, uma delas…

segunda-feira, 25 de julho de 2005

Um livro...

Um livro tem palavras que fazem sonhos...

Soares é fixe!

A eventual candidatura de Mário Soares à próxima Eleição Presidencial ganha maior acuidade com o apoio de José Sócrates e com as pressões que o ex-Presidente da República tem sofrido de vários sectores
da sociedade portuguesa.

Soares já emitiu um comunicado onde afirma estar a equacionar a questão.

Antes de se saber mais alguma coisa, é já certo que as Presidenciais de 2006 ganharam uma nova dinâmica com a eventual chegada de um dos maiores e mais importantes homens da democracia em Portugal…

domingo, 24 de julho de 2005

Politiquices à parte...

Repentinamente o país despertou para os ordenados elevados que os gestores de Institutos e empresas públicas ganham.

Levantam-se vozes contra os salários que estes nomeados

pelos governos auferem.

Recentemente choveram críticas à nomeação de Fernando Gomes, ex-Presidente da Câmara Municipal do Porto, para a administração da GALP.

Os críticos devem-se ter esquecido que o Porto deve a Fernando Gomes o Metro, o Parque da Cidade, o Porto 2001, a classificação pela UNESCO do Centro Histórico da cidade como Património Mundial da Humanidade,

a Casa da Música…

Além de ser licenciado em Economia e de ter gerido orçamentos camarários de milhões e milhões de euros por ano… Se um homem desta estripe não tem capacidades para integrar um Conselho de Administração da GALP,

em Portugal, quem terá?

Outros palcos...

As luzes e o som imprimiam o ritmo dos corpos que se agitavam, em movimentos de libertação para uns, quiçá de moda para outros.

Foi mais uma noite onde se encontram caras conhecidas, colegas de escola…

A noite continua a ser um palco onde algumas pessoas encarnam noutras personagens que na vida real jamais poderiam ou conseguiriam ter.

Um palco de encontros e desencontros, onde os problemas da vida, por umas horas, estão a dormir…

sexta-feira, 22 de julho de 2005

Sossegadita...

Esta fotografia foi recentemente tirada ao líder nacional do PSD quando o mesmo visitava uma escola de Lisboa.

Interessante como Marques Mendes pega nas crianças…

O fim do dia...


Nada mais me acalma que um lindo pôr de sol, à beira mar…

Contemplar aquilo que a natureza nos oferece, não só é uma dádiva da vida, como também é um Suplemento de Alma…

quinta-feira, 21 de julho de 2005

Beijo em Imagem

Um beijo da Alma para todos aqueles que diariamente precisam de um novo alento para vencer as barreiras da vida…

quarta-feira, 20 de julho de 2005

Palavras sentidas...O amor é lindo...

Ela perguntou-lhe se era bonita… ele disse que não...

Ela perguntou então se ele queria ficar com ela para sempre… e ele disse que não...

Depois disse: e se eu morresse… choravas?

E ele… sempre não...

Quando ela estava para ir embora a chorar... ele agarrou no braço dela… e disse:

Tu não és bonita… ÉS LINDA...

Eu não quero ficar contigo para sempre...

EU PRECISO DE FICAR CONTIGO PARA SEMPRE...

E se morresses… eu não chorava…

MORRIA TAMBÉM CONTIGO...

terça-feira, 19 de julho de 2005

Processo de reciclagem

Recebi este email de uma amiga. Acreditando na informação que o mesmo contém, e entendendo ser nossa responsabilidade agir de acordo com as regras e normas ambientais, aqui o publico de forma a sensibilizar, mais uns quantos cidadãos.

l
Onde colocamos o óleo dos alimentos que fritamos? Também o deita na sanita da sua casa de banho ou talvez, no seu lava loiças, certo? Este é um dos maiores erros que podemos cometer! E porque o fazemos? Talvez, porque ninguém nos diz como o fazer ou não nos informamos. Sendo assim, o melhor que temos de fazer é colocar os óleos utilizados numa daquelas garrafas de plástico, fechá-las e colocá-las no lixo normal (ou seja, o doméstico/orgânico).Todo o lixo orgânico que colocamos nos sacos vai para um local onde são abertos e triados. Assim, as nossas garrafinhas são abertas e vazadas no local adequado, em vez de irem juntamente com os esgotos para uma ETAR - Estação de Tratamento de Águas Residuais, e ser necessário despender milhares de Euros a mais para o seu tratamento.

Um litro de óleo contamina cerca de 1 milhão de litros de água (o equivalente ao consumo de uma pessoa no período de 14 anos). De nada adianta criticar os responsáveis pela poluição dos cursos de água se não fizermos a nossa parte. Vamos colaborar!

A análise de Freitas do Amaral

Depois de citar o filósofo grego Xenofonte para sustentar que "hoje o poder político não se traduz apenas pela capacidade de mando, mas também pela capacidade de persuasão", Freitas do Amaral considera que o Governo "tem tido bastante, mas porventura seria necessário mais". E assume que "se alguma deficiência se pode apontar" a José Sócrates e à sua equipa, "é de não se ter explicado suficientemente a inevitabilidade da subida dos impostos."

O resto na notícia em:

http://dn.sapo.pt/2005/07/19/nacional/freitas_aponta_falhas_comunicacao.html

domingo, 17 de julho de 2005

E nada é para sempre...

"... E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

Miguel Sousa Tavares... (Escritor português, a propósito da perda de sua Mãe, a escritora e poetisa Sophia de Mello-Breyner)

quarta-feira, 13 de julho de 2005

Para descontrair...

"Um dia uma dona de casa, apanhava gravetos e lenha miúda para o fogão, para fazer o almoço para a família. Ao cortar um galho de uma árvore já tombada na margem do rio, o machado caiu dentro da água.

A mulher suplica a Deus que lhe aparece e pergunta:

- Porque choras?".

A mulher responde que o machado se tinha perdido no rio. E Deus entra nas águas, das quais tira um machado de ouro, e pergunta:

- É este o teu machado?"

A nobre mulher responde:

Não Deus, não é esse."

Deus entra novamente no rio e desta vez tira um machado de prata:

- E este é o teu?"

- Também não", responde a Dona de casa.

Deus volta ao rio de onde tira um machado de ferro e pergunta:

- É este o teu machado?"

- Sim, responde a nobilíssima mulher.

Deus estava contente com a sinceridade da mulher, e mandou-a de volta para casa dando-lhe de presente os 3 machados.

Um dia, a mulher e seu amantíssimo marido estavam a passear pela margem do rio quando ele tropeçou e caiu à água. A infeliz mulher então, chora, grita e suplica a Deus que aparece e pergunta:

- Mulher, porque choras?"

A mulher responde que o seu esposo caiu no rio, e imediatamente Deus mergulha e retira das águas o Tom Cruise, e pergunta:
- É este o seu marido?"

- Sim, sim. É ele." - responde a mulher, e Deus enfurece-se.

- "Mulher mentirosa e pecaminosa !!!", exclama.

Mas a mulher rapidamente explica:

- Deus perdoe-me, foi um mal entendido. Se eu dissesse que não, então o Senhor tiraria o Brad Pitt do rio, depois se eu dissesse que não era ele, o Senhor tiraria o meu marido, e quando eu dissesse sim o Senhor mandaria que eu ficasse com os 3. Mas eu sou uma humilde e honesta mulher e não poderia cometer tamanho adultério... só por isso eu disse 'sim' para o primeiro deles.

E Deus achou justo, e perdoou-a.

Moral da história:

"As mulheres mentem de um jeito tal que até Deus acredita."

domingo, 10 de julho de 2005

E a ilha que é tão bonita...

Agora é o PSD da Madeira que não quer o Marques Mendes na festa do Chão da Lagoa… http://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1227867

Isto parece a República das Bananas… J

sexta-feira, 8 de julho de 2005

Não dá que pensar?

Os recentes ataques terroristas em Londres trouxeram-me à memória a famosa Cimeira das Lajes, que antecedeu o ataque ao Iraque.

Cimeira essa, em que Bush, Blair, Aznar e Durão (em bicos dos pés) sorriram para as câmaras, com a decisão da guerra tomada.

Os EUA sofreram o ataque nas Twin Towers. E por isso, Bush exigiu a Cimeira das Lajes.

Aznar nem tinha razões para estar naquela Cimeira. Mas, numa trágica manhã, na estação ferroviária de Atocha, Espanha sentiu o peso do terrorismo…

Blair também não tinha razões directas para estar na Cimeira das Lajes. Mas esta semana os ataques em Londres tiraram a vida a mais de 5 dezenas de pessoas, estando cerca de 700 feridas, algumas com gravidade…

Mas, mesmo em bicos dos pés, o que é que Durão Barroso estava a fazer na Cimeira da Guerra?!?!?

É que dos presentes na Cimeira das Lajes, só Portugal ainda não foi atacado...

Todos os restantes chefes de estado dos países presentes já viveram o terror…

E as grandes quantidades de explosivos apreendidos no Norte de Portugal, recentemente…

Tudo isto não dá que pensar???

Até que enfim!!!

Até que enfim que alguém neste país faz alguma coisa relativamente a este senhor.

l

A JS Nacional, está, por esta iniciativa, de parabéns. Podem pegar noutros temas e pessoas e continuar...

l

A JS vai apresentar queixa no Alto-Comissário para as Minorias Étnicas Imigração e vai apresentar uma participação à Procuradoria-Geral da República no sentido de averiguar se as graves declarações proferidas pelo Presidente do Governo Regional da Madeira são susceptíveis de gerar responsabilidade jurídica.


Para a JS o Presidente do Governo Regional da Madeira violou o princípio da igualdade consagrado na Constituição da República Portuguesa e violou a lei 18/2004 que proíbe a discriminação racial ou étnica ao ter proferido declarações discriminatórias que insultam comunidades de imigrantes.


A JS fará de igual modo uma participação ao Procurador Geral da República no sentido de averiguar da existência de responsabilidade criminal por parte do Presidente do Governo Regional da Madeira pelas declarações proferidas.

Pedro Nuno Santos, Secretário Geral da Juventude Socialista, afirma que “a JS sente-se chocada com as declarações proferidas pelo Presidente do Governo Regional da Madeira. É inadmissível que seja quem for, muito menos um detentor de um alto cargo político possa proferir declarações racistas e xenófobas.”

Pedro Nuno Santos adianta, ainda, que “é inaceitável que se ataquem comunidades imigrantes e que se ignore, ao mesmo tempo, o contributo que as comunidades imigrantes têm dado para o desenvolvimento do nosso país.
É também de uma grande irresponsabilidade política ignorar que Portugal tem uma grande comunidade emigrante espalhada pelo mundo, incluindo na Ásia, grande parte da mesma constituída por emigrantes Madeirenses.”


A JS condena todos os actos que promovam a discriminação e o ódio. Mais do que ninguém os detentores de altos cargos políticos devem promover a solidariedade, a tolerância e o respeito pelos outros. Esta é a obrigação de todos os que fazem política.


“Não foi isto que o Presidente do Governo Regional da Madeira fez. E por isso deve ser punido, pelo menos politicamente”, conclui Pedro Nuno Santos.

terça-feira, 5 de julho de 2005

Mais uma!

As últimas declarações de Alberto João Jardim, contra a presença na Madeira de cidadãos indianos, chineses e de países de Leste consubstanciam ideias xenófobas e de descriminação racial.

Expressões desta índole deviam ser alvo de processo judicial, de acordo com o Código Penal.

Existirá, todavia, alguém que efectue a queixa para que o processo se inicie?

E aos Sociais Democratas, estas expressões e “tiradas” não dizem nada?

domingo, 3 de julho de 2005

Justificar-se-á?

A Central Nuclear que Patrick Monteiro de Barros quer instalar no nosso país, segundo alguma imprensa, vai ser «empurrada» para o Norte do país, em plena bacia do Douro.

Os ambientalistas já se manifestaram contra a iniciativa.

Todavia, as alterações climatéricas que uma Central Nuclear provoca, afectariam, naquela zona do país, as culturas da vinha, que nos dão o tão famoso vinho do Porto…

Mas antes mesmo destas questões, importa reflectir sobre a necessidade de construir uma Central Nuclear em Portugal. Actualmente só 20% da energia que é consumida em Portugal, é que não advém do petróleo. Ou seja, 80% da energia consumida em Portugal precisa e precisará, de crude (petróleo). Não de energia nuclear!

Aliás, à medida que as Centrais Nucleares da maioria dos países europeus estão a chegar ao “terminus do seu ciclo de vida” os responsáveis estão a desmantela-las…

Será que Portugal deve adoptar, agora, um caminho que está a ser abandonado por outros?

Com que vantagens?

Sob que argumentos?

Live 8

Ontem decorreu o Live 8, em 10 cidades por todo o mundo. Joanesburgo, Filadélfia, Cornualha e Londres, Edimburgo, Berlim, Moscovo, Tóquio, Barrie, Paris e Roma. O grande objectivo da iniciativa foi o de denunciar a pobreza em África e pressionar os líderes dos G8 (os países mais industrializados do mundo), a agirem, antes da cimeira na Escócia que irá decorrer entre quarta e sexta-feira. Milhões de espectadores e telespectadores ouviram e viram grandes compositores, cantores e grupos cantar, em torno de uma nobre causa. A solidariedade, foi, sem dúvida, palavra de ordem…