quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

O estado da Arte!

Tenho passado alguns dos dias debruçado em análises, situações, objectos e determinações. Entre todas elas e eles a reflexão e o amadurecimento pessoal tem surgido, espontaneamente, num crescer de aprender, num encruzilhar das linhas do sisal e do linho, escapando a alguns snipers que vestem casaco de pura lã virgem...

Tenho dado diário seguimento ao condimento diário da arte. A arte. Todos falam do estado da arte. A arte é mesmo para os artistas. Os que de uma mão vazia enchem a outra são aqueles que se denominam por artistas… Alguns deles começaram a correr em Outubro, depois de longos períodos de lesão…

Proximamente será decidido por aí, ou por aqui, uma adjudicação em concurso público para o estado da arte. Ando a ver as cores do espectro político-partidário concelhio e parece-me que o Inverno até tem os seus encantos...

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Uma dica agrícola...

Há quem por aí queira já fazer vinho, sabendo todos nós que ainda agora, há dois ou três meses, as videiras foram podadas…

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

De lá vim, e para lá caminharei...

Pior do que não saber o que se encontra por detrás de um processo, de uma estrada ou caminho, de uma vida, é recear e voltar costas.

Fazer é sempre mais difícil do que cingirmo-nos a uma pré-sentença ditada pelo comodismo.

Mas é essa dificuldade – a do fazer – que nos dá a essência da conquista, do prazer de ser e fazer…