segunda-feira, 30 de abril de 2007

Dia a dia. De nascente a poente.

Na véspera da comemoração do dia do trabalhador, vale a pena recordar todos aqueles que ainda trabalham na agricultura com o seu corpo.

Reconhecer o dia do trabalhador, com um dia de descanso, não deve levar os patrões e os governos a esquecerem-se dos direitos fundamentais na altura dos despedimentos colectivos, das falências fraudulentas, das dispensas infundamentadas...

sexta-feira, 27 de abril de 2007

Raid!

Com a chegada da Primavera, as vespas e as abelhas soltam-se em mil aventuras sobre as plantas e as flores dos campos.

Porém, durante todo o ano, incluindo no Inverno, no Outono e no Verão, outros insectos pairam pelo ar, sempre prontos a ferrar, sempre disponíveis a lançar veneno, sempre sedentos de intriga e conflito humano.

Mesmo sendo eles ligados à natureza, não quer dizer que não usemos um bom insecticida.

Ou, em último caso, ignorá-los e remetê-los à sua dimensão.

A uma dimensão que se relaciona com a pequenez da sua real importância...

quarta-feira, 25 de abril de 2007

Capitães de Abril

Há Homens e Mulheres que jamais esqueceremos, porque fazem parte da memória colectiva.

A memória colectiva que varre a sociedade, desde os fascistas, aos extremistas, passando pelos honestos homens e as trabalhadoras mulheres que “sobem a calçada” no dia a dia de Abril e nos restantes meses do ano.

Se a liberdade existe, devemo-la a quem por ela lutou.

Hoje, cabe-nos zelar por esta responsabilidade que nos depositaram em mãos…

Mas, (há sempre um mas..) será a maioria dos detentores do poder político, económico e social digna de tal responsabilidade?

Não devemos, um a um, enquanto cidadãos de um país livre, e sem siglas, assumir as responsabilidades para proteger os valores humanos e democráticos reconquistados em Abril de 74?

segunda-feira, 23 de abril de 2007

A imagem é tudo. E tudo é imagem!

Eu te ordeno, que de espada em punho sejas um nobre homem, em defesa dos fortes.

Jamais vás à luta e escuda-te nos peões da armada.

Se estiveres a perder a guerra, não te armes em herói.

Negoceia com o inimigo, mesmo que para isso quebres valores que os outros julgam possuíres.

A imagem é tudo. E tudo não passa de uma imagem...

domingo, 22 de abril de 2007

...

"Nenhuma espera permanece eternamente inatingível".

Gibran Kahlil

Saber viver em democracia.

Paulo Portas foi eleito Presidente do CDS/PP.

No mesmo fim-de-semana em que a extrema-direita estava para realizar um encontro internacional em Portugal.

Não há nenhuma ligação entre os dois casos.

Quer dizer, há.

Ambos (Paulo Portas e o PNR) devem e podem exprimir-se livremente.

Vivemos numa sociedade em que a liberdade, apesar de restituída após uma ditadura do Melhor Português de Sempre, permite que todos defendam as suas ideias.

Por mais que não partilhemos os ideais, as práticas, os motivos, as formas e os objectivos de Portas e do PNR, acreditamos que numa sociedade deve existir o pluralismo e a tolerância necessários para a troca de opiniões e projectos.

quarta-feira, 18 de abril de 2007

Divagações sentidas...

Mesmo que uma onda ou uma chuvada desfaça as nossas construções, os nossos sonhos, as nossas aventuras imaginárias, de nada nos vale cruzar os braços.

A força da vontade e da determinação permitem-nos voltar a construir, a sonhar, a galopar sobre a dura realidade da vida, com um brilho nos olhos.

Esse brilho, vem da alma e do coração belo do nosso ser.

Narcisistas? Não. Para amarmos, temos de valorizar a nossa essência!

segunda-feira, 16 de abril de 2007

Remédios milagrosos!

A esperança de vida tem aumentado, também, devido aos avanços da indústria farmacêutica.

Não só através dos medicamentos que se tomam pelas doenças que nos surgem, como pelas pequenas dores que depois de ultrapassadas, nos permitem viver, amar, sentir, partilhar e crescer...

domingo, 15 de abril de 2007

sexta-feira, 13 de abril de 2007

Pena e papel...

Por vezes dou por mim a pensar nas pinturas e escritas, que sobre o papel, tempo não tenho dedicado.

Aquele outro Suplemento de Alma, onde em verso ou em prosa, no romance ou na vida, me falta tempo, para os sentires e sentimentos registar...

quarta-feira, 11 de abril de 2007

É so fumaça...

A questão da Universidade Independente revela a pequenez das mentalidades portuguesas, alimentadas por um jornalismo de imediatismo e show off lamentáveis.

segunda-feira, 9 de abril de 2007

Velhos provérbios, novas verdades...

Quem ri por último... ...é de compreensão lenta.
Os últimos são sempre... ...desclassificados.
Quem o feio ama... ...tem que ir ao oculista.
Deitar cedo e cedo erguer... ...dá muito sono!
Filho de peixe ... ...é tão feio como o pai.
Quem não arrisca... ...não se lixa.
O pior cego... ...é o que não quer cão nem bengala.
Quem dá aos pobres... ...fica mais teso.
Há males que vêm... ...e ficam.
Gato escaldado... ...geralmente está morto.
Mais vale tarde... ...que muito mais tarde.
Cada macaco... ....com a sua macaca.
Águas passadas... ...já passaram.
Depois da tempestade... ...vem a gripe.
Vale mais um pássaro na mão ... que uma cagadela na cabeça.

domingo, 8 de abril de 2007

Mais Demo cra CIA...

O cartaz que os humoristas do Gato Fedorento colocaram ao lado do PNR foi rapidamente retirado pela Câmara Municipal de Lisboa, por segundo esta, se encontrar ilegal.

Fechasse a Câmara de Lisboa todos os bares, cafés e restaurantes ilegais.

Embargasse a Câmara de Lisboa todas as obras ilegais, clandestinas e vergonhosas que existem na capital.

Decidisse o Presidente da Câmara tão velozmente, sobre decisões que há anos se arrastam.

Enfim, sem querer acreditar que a decisão não foi política, acredito, piedosamente, que Carmona Rodrigues receou que o próximo cartaz pudesse ser-lhe dedicado. Daí a rapidez…

sexta-feira, 6 de abril de 2007

Cuidado com o recheio...

"Renunciamos a três quartos de nós mesmos para sermos como os
outros".

Arthur Schopenhauer

quarta-feira, 4 de abril de 2007

Ai que calor...

Com a chegada da Primavera, pode haver tendência a dar liberdade aos corpos, tornando-os livres, ao sabor do vento, ao carinho de um toque, ao sabor de um beijo...

Mas, cuidado com a Polícia...

segunda-feira, 2 de abril de 2007

Clik!

Com a chegada da Primavera, os casamentos começam…

Entre eles as despedidas de solteiro e solteira.

Mas, na objectiva da óptica da máquina, quem vê caras vê corações ou outras emoções, pensamentos, desejos e sensações...?

domingo, 1 de abril de 2007

Uma ponte para a Madeira...

O Tribunal de Contas avançou com dados sobre os custos de contratações de adjuntos, secretários e assessores dos governos de Barroso, Santana e Sócrates e concluiu que os gastos davam para construir 3 aeroportos da Ota.

Também era interessante saber quais foram os gastos dos últimos 30 anos de Alberto João Jardim, em nomeações e outras decisões na Madeira.

Interessava saber, para termos um elemento comparativo e quiçá ilustrativo da grandeza da Madeira…