terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

Se a moda pega...

Quero ver se começam a colocar estas placas por algumas terras deste país…

Se gosto de ti...

Tomar um banho de chuva,

ou percorrer uma estrada escura.

Entre as duas, as gotas que me molhem,

os caminhos que se escondam.

Porque saio cedo, e sem saber mentir,

nunca é tarde para um beijo te dar.

Ontem, hoje e amanhã.

Mesmo com o mundo ao contrário,

mesmo com a chuva, do caminho, que não consigo evitar...

sábado, 24 de fevereiro de 2007

Socialistas????


Desde que terminei o curso, leccionei sempre.

No 1º ano, fui colocado no início do ano lectivo em Leiria e trabalhei até Agosto.

No 2º ano, fui colocado no início do ano lectivo em Setúbal e trabalhei até Agosto.

No 3º ano, fui colocado no início do ano lectivo em Santarém e trabalhei até Agosto.

Este ano lectivo não fui colocado.

Estive no último mês em Campo Maior, por ter concorrido para um horário de oferta de escola, e a partir do mês que vem, vou deixar o ensino público.

Vou trabalhar para Lisboa.

Cansei-me de lutar por uma profissão que abracei com o coração, tendo somente como recompensa as aprendizagens dos alunos a quem dei aulas, os seus sorrisos e as reacções espontâneas de relação aluno/professor.

Com esta Ministra da Educação e respectivos Secretários de Estado, por muito gosto e amor que se tenha pela profissão, encontramos salas de professores onde o desalento e o descrédito reinam, sobrepondo-se a outros sentimentos que outrora existiram.

Por muitas reformas que se pretendam fazer, a classe docente não pode ser o exemplo do corte constante, das mudanças permanentes, das leis e decretos inconstitucionais, dos silêncios e políticas do “quero, posso e mando”.

Este Ministério da Educação não tem nada de Socialista.

Tem de autoritário, prepotente e irracional, uma Ministra e dois Secretários de Estado.

Estão a hipotecar o futuro da educação em Portugal.

Estão a delapidar a estrutura da educação portuguesa.

Não se encontram ou vislumbram melhorias, muito pelo contrário...

Escrevo estas linhas, com lamento e sentimento, por aqueles que se encontram a leccionar, por aqueles que se encontram a saltar e a percorrer o país de escola em escola, mês após mês, e por aqueles que estão desempregados.

Em França e em Espanha os Ministros e serviços de Educação louvam e apoiam os professores. Em Portugal, atacam-nos.

Por tudo isto, regressar ao ensino público, a médio prazo, não está nos meus horizontes.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2007

Trabalhar para aquecer...

Hoje regressei a casa.

1 mês em Campo Maior.

Boas pessoas. Alunos empenhados.

Bonitas paisagens.

Porém, feitas as contas dos €uros gastos e recebidos, acabo por chegar à conclusão que gastei mais 130 euros do que recebi. Tendo em conta as despesas de quarto, combustível...

Ou seja, paguei para dar aulas!

Um dia destes, o Ministério da Educação, esta Ministra e os seus Secretários de Estado, vão querer professores e não os vão ter…

E quem sairá prejudicado, serão sempre os alunos, e em consequência o país…

terça-feira, 20 de fevereiro de 2007

Hoje, batam em latas...

Há 2 anos atrás, e nos anteriores, por esta hora, em Ourém, as Escolas, os Grupos Recreativos e Culturais davam cor, vida e alegria às ruas e gentes deste concelho.

Hoje, os carros passam em direcção aos concelhos vizinhos, onde a cultura e a folia, são tidas em conta, pelo esforço e dedicação das suas populações e colectividades.

Prioridades e opções duvidosas, que nós, enquanto cidadãos, podemos e devemos equacionar.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

Made in...

As grandes marcas de artigos de desporto, entre outras, têm as suas fábricas em países onde a mão-de-obra infantil é uma realidade.

E é por essa razão que as deixamos de comprar?

E é por essa razão que as peças deixam de ter valor?

Claro que não! O que importa são os €uros e os $olares!

sábado, 17 de fevereiro de 2007

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

Dia dos Namorados

Para todos os namorados, amizades especiais e escritores(as) de cartas de amor…

domingo, 11 de fevereiro de 2007

Esforço grande = grande valor!

O esforço nem sempre é reconhecido.

Nosso ou de outros.

Por vezes até há quem se concentre tanto no seu umbigo, que se esquece daqueles que ao seu lado existem.

A formiga trabalhadora, é a metáfora transposta para os seres humanos que não baixam os braços.

Para aqueles que perante as adversidades da vida procuram, inventam e encontram alternativas.

Também nós somos pequenas formigas, neste planeta, onde cada um de nós, é só mais um entre biliões de habitantes…

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2007

Tome vitamina C

Parece impossível, mas há hospitais, em Portugal que perante um surto de gripe deixam de ter macas disponíveis para os doentes.

Mas, há dinheiro para outras coisas!!!

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007

Boa sorte!

"O homem nunca sabe do que é capaz, até ao momento em que é obrigado a tentar".
Charles Dickens

sábado, 3 de fevereiro de 2007

Futilidades de vidas

A telenovela “Morangos com Açúcar” continua a contribuir para o insucesso escolar.

Os alunos imitam as personagens, que atrás das televisões vivem num mundo de ilusão, díspar da realidade do dia a dia.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2007

Votar

A adaptação ao ritmo do Alentejo, tem-me desviado as atenções e energias, para outras actividades.

Todavia, e ao regressar a casa para passar o fim-de-semana, reapresento-me no Suplemento de Alma, para em diário, loucura, desabafo, protesto, gozo, riso ou ternura, depositar, partilhar, desafiar estes e outros mundos.