quinta-feira, 26 de julho de 2007

A mulher é forte e linda!

Desde pequeno que comecei a admirar a mulher.

Pelas suas capacidades.

Pela sua essência.

Pela sua sensibilidade.

No dia em que a Leonor nasceu, passei a admirar, ainda mais a mulher.

Ter um filho é um momento de sofrimento muito grande.

A mulher tem de ter uma capacidade muito grande.

De resistência, de força, de determinação, de coragem.

Dedico este post à Paula, por todo o sofrimento que ela teve, para nascer a nossa filha.

A Paula surpreendeu-me, mais uma vez.

Assisti e acompanhei o nascimento, de mão dada e ao seu lado, pela união e pelos laços que nos sustentam em vida...

7 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Nunca deixes de lhe dar a mão, pela vida fora!
Abraço

chloé disse...

São poucos os homens com coragem, e resistência para acompanhar o nascimento de um filho, se foste capaz, só denota mais uma vez o grande Homem que és. :)

loira disse...

Para tudo na vida nós mulheres precisamos de mta coragem...
Coragem para ser mãe, mulher, companheira, amiga, só é pena q mtas vezes ñ haja do nosso lado quem entende isso!
Que tenhas sempre força e vontade de estender a mão e apoiar quem na vida te dá a coisa mais valiosa da vida, 1 filho...

Bjocas amigo

João Heitor disse...

Quero dar-lhe a mão sempre, Rosa dos Ventos.
Beijinho

João Heitor disse...

Oh Inês. No momento do parto a Paula estava a sofrer tanto que tudo o que eu podia ver e que vi, não era comparado ao que ela estava a passar.
E foi lindo ver a minha filha nascer, de mão dada com a mãe...
Beijinho

João Heitor disse...

Acredito Loira.
Mas as mulheres são seres fantásticos por tudo isso e por muito mais...
Dar a mão também não chega!
Devemos entregar o coração...
E aos nossos filhos, não faltar com nada.
Como eu sei que a Loira também assim pensa e assim fez e faz na vida do dia a dia....
Beijinho

Paula disse...

Obrigada amor por tudo... O resto segredar-te-ei ao ouvido.
Beijinhos