terça-feira, 11 de setembro de 2007

Além do preconceito, há mais...?

Há determinados comportamentos que só se enquadram na idade e no momento de quem os preconiza.

Fora desse padrão, são caracterizados como desajustados, disparatados e outros adjectivos terminados em ados…

Na verdade, os comportamentos humanos não deviam ter idade ou momentos para serem aceites ou rejeitados pela sociedade.

Devia haver liberdade de pensamento e de acção, para todos aqueles que amam a vida, gostam de sorrir, de quebrar barreiras e de sentirem eternamente jovens.

Dentro da lei e da grei, será demais pedir isto?

4 comentários:

PCMT disse...

Dentro da lei e da grei, sempre eternamente jovem...

loira disse...

Quem ñ pede ñ ouve Deus, diz o ditado, ou ñ devemos ser pobres a pedir, por isso nada é demais...

Bjocas loiras

João Heitor disse...

PCMT, não dá para quebrar algumas regras contigo, mesmo sendo em segredo???
:-)
Beijinho

João Heitor disse...

Loira
Quem não pede não ganha.
O silêncio é amigo do ócio, e o falar é inimigo do conformismo.
Assim, há que pedir, falar e fazer sempre...
Beijo