terça-feira, 16 de setembro de 2008

Por mais confuso que pareça...

Todos os animais merecem respeito.

Os irracionais e os racionais.

Se bem que possam existir alguns animais racionais, insensíveis às necessidades do próximo, quietos no conforto das suas cadeiras e na rubrica ou assinatura do seu nome.

Estes animais, racionais, nem mesmo com a teoria do Pavlov, em que as respostas comportamentais são reflexos incondicionados, inatos, em vez de aprendidas, lhes permitem contrariar os seus actos para reflexos condicionados aprendidos por situações agradáveis…

Resumindo e baralhando, a espuma dos dias nada mais reflecte senão a agitação do mar.

Ou, regressando ao mundo animal, nem mesmo quando levam os animais a passear eles adquirem outros conhecimentos ou atitudes. Estão, definitivamente, limitados…

2 comentários:

Anónimo disse...

É o Zé e o leitão. Numa qualquer rua do Portugal Sportinguista...

Patrocínio Perpétua das Dores

João Heitor disse...

O que é que Alvalade tem a ver com animais?

Não percebi...

Cumprimentos D. Perpétua