quinta-feira, 14 de junho de 2012

If I Ain't Got You...

As vozes que na noite escuto,
São as que em silêncio me lêem.
As vozes que na noite se calam,
São as que nos gritos me afastam.

O som de cada passo,
É o bater dos dias vividos.
Perdido ou encontrado em teu regaço,
Sou um Homem rendido.

Pecado é não abrir o coração,
No frio da noite, ou no calor do dia.
E, em cada segundo,
Viver o sorrir da vida (mesmo sombria).

Ser mais além,
É ser humano,
É ser frágil,
É ser um espelho da alma...

João Heitor

Sem comentários: