sexta-feira, 2 de fevereiro de 2007

Votar

A adaptação ao ritmo do Alentejo, tem-me desviado as atenções e energias, para outras actividades.

Todavia, e ao regressar a casa para passar o fim-de-semana, reapresento-me no Suplemento de Alma, para em diário, loucura, desabafo, protesto, gozo, riso ou ternura, depositar, partilhar, desafiar estes e outros mundos.


4 comentários:

esfinge disse...

O menino é um fenómeno!!!
Deve ser o único que consegue gastar energias no Alentejo.
E existem actividades???!!!
O Alentejo já não é o que era...
:))

João Heitor disse...

Em Campo Maior, em Elvas em Badajoz a vida saboreia-se sob as planícies verdejantes, que a água provocou.
O Alentejo continua a ser o mesmo, só que com mais um habitante...
;)

chloe disse...

O Alentejo, para mim, é a maior maravilha que eu posso ter um dia descoberto :P adoro o meu cantinho na rua do meio, adoro o que por lá faço, adoro o ambiente que me rodeia, o sino da igreja que toca de hora a hora, a barragem… adoro o meu Alentejo!

loira disse...

Por acaso um habitante mto importante...só falta o malato pintar um quadro com a fotografia do menino...hi, hi,...
E os galos a cantar, deve ser um espanto.
Bjinhos