segunda-feira, 14 de abril de 2008

Se "Céu", ou um outro mundo existir...

Pai. Se fosses vivo, hoje fazias 65 anos.

Onde quer que estejas (porque a existência e o pensamento humano se refugiam na crença de que há "um outro lugar"), relembro-te com saudade, carinho e amor.

2 comentários:

Anónimo disse...

Mesmo que não haja "um outro lugar", haverá sempre um lugar muito especial no teu coração.

Beijinho

esfinge

João Heitor disse...

É verdade amiga.
Obrigado pela atenção.
Beijinho