segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Papa Bento XVI



O Papa Bento XVI anunciou na passada segunda-feira que renuncia à liderança da Igreja Católica, por se sentir "sem forças" para desempenhar o cargo.

Uma lição de desapego a um lugar, provando que há Homens que recorrem à sua consciência, fazem o devido exame intrínseco, e procedem em conformidade com os superiores interesses daqueles que servem.

Soubessem seguir este exemplo, um sem número de gente que se eterniza em lugares, que se agarra ao poder e o exerce, somente, para o consolidar. Em pior situação ainda se encontram aqueles que perderam o poder (por não lhes ser reconhecida capacidade para o respectivo exercício), mas que insistem em retomar o mesmo, culpando e menosprezando os que com eles trabalharam. Mas, esses, que não percebem que o mundo actual vive das grandes transformações, e também dos grandes Homens, o peso do espírito um dia ainda lhes vai tocar a consciência.

Voltando ao Papa Bento XVI, reforça-se o discernimento que o levou a reconhecer a sua “incapacidade para exercer de boa forma o ministério” que lhe “foi encomendado".

Fátima deve, em memória, em presença, em fé, em crença e em projeção mundial, muito a João Paulo II. Porém, também Fátima, o Município de Ourém e os católicos portugueses receberam, com naturalidade, a visita do Papa Bento XVI em 2010.

Preparou-se a cidade para acolher Sua Santidade em Maio de 2010. Executou-se um programa de beneficência de infraestruturas. Criou-se, na altura, um Heliporto, tratou-se da Avenida D. José Alves Correia da Silva e de outras ruas, limparam-se terrenos para criar estacionamentos, limparam-se, desinfectaram-se e odorizaram-se as ruas, consolidaram-se e reforçaram-se as estruturas de apoio aos peregrinos e recebeu-se, digna e alegremente o Papa Bento XVI.

O próximo Papa a ser escolhido, e que visitará Fátima, encontrará uma cidade mais requalificada, embelezada, digna para receber os peregrinos, possuidora de uma superior tranquilidade em termos de tráfego na envolvente da Basílica da Santíssima Trindade, e, como sempre, feliz por receber Sua Santidade. É por esse resultado, por esses objetivos, que um conjunto de pessoas trabalham diariamente, e ao longo dos últimos anos. Planificando, desenvolvendo e concretizando melhorias que servem todos aqueles que se deslocam a Fátima, todos os que lá residem, todos os que lá trabalham, promovem riqueza, emprego e consolidam o Milagre de Nossa Senhora. É assim, que continuamos, e continuaremos a marcar pela positiva…

João Heitor

Sem comentários: