segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

Espelho retrovisor

Não passo muito tempo à frente do espelho.

E assim, por vezes ando com a barba maior, o cabelo meio despenteado e as patilhas por acertar.

Mas, à noite, durmo com a consciência tranquila.

Há quem se olhe muito ao espelho.

Por fora brilhe, distribua sorrisos e bom aspecto.

Mas, será que têm a consciência tranquila?

Será o espelho de vidro a reflectir a alma do ser humano, ou serão os passos a ilustrar os caminhos mais certos?

2 comentários:

chloe disse...

A beleza está no interior, e essa não se vê ao espelho, mas há quem não entenda isso...

esfinge disse...

Barba por fazer, cabelo despenteado...Também com esse aspecto, se calhar o espelho agradece. :)
Mas também há quem se goste de ver ao espelho e durma com a consciência tranquila, por exemplo... EU!!! Lol!
Beijo.