domingo, 26 de dezembro de 2010

Arquitectura e espaço humano...

Mensagens e votos.

Umas sentidas e outras motivadas pela “moda” da proximidade das pessoas que, efectivamente, estão distantes.

Cumprimentam-se nesta altura as pessoas que nos restantes dias do ano se “escondem”, fazem invisíveis ou ignoram serem conhecidas.

Há um positivismo a registar nesta época: o mexer da economia.

Tirando isso, só talvez os dias de reforço do convívio familiar seja o destaque humano.

Aguardam-se agora os próximos dias para mais votos sobre 2011.

Um dia, talvez o inatingível, as pessoas se unam em torno das taxas e dos juros das verdadeiras relações humanas.

Somos tão voláteis...

1 comentário:

MJV disse...

Assim é!! "voláteis" no pensamento e na acção.. Alguns!!
penso que voçe não se inclui nessa categoria..
Não deixe de acreditar... Nós estamos cá cada um com sua missão...
O ser humano é terreno mas abriga dentro de si um ser divino...
um abraço, joaquina